quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Você desonra a Deus por ser dependente de si mesmo | Tim Conway

Neste trecho de vídeo, Tim Conway exorta o crente a clamar a Deus por mais humildade, a depender de Cristo em todas as situações.

Transcrição do Vídeo:

Irmãos, eu coloquei a vocês na semana passada alguns desses pontos. Asa, a Bíblia fala, que, quando Asa esteve doente, Asa buscou os médicos, [2Crôn 16:12] e não o Senhor. Cristão, quando você está com uma necessidade financeira, e você não busca primeiro ao SENHOR, quando você está em uma necessidade médica, necessidade física, e você não busca o SENHOR primeiro, quando você precisa de comida, quando você precisa do que vestir, quando você precisa de ajuda, quando você precisa de um lugar pra morar, quando você precisa de uma igreja, quando você precisa de entendimento, quando você precisa de humildade, quando você precisa de… irmãos, o qualquer que seja, se você não está buscando primeiro a Deus, isso é ser orgulhoso, isso é se apoiar no braço da carne [2Crôn 32:8], e Deus odeia isso, e isso é totalmente oposto à forma como Deus criou este universo. Você tem que se convencer disto, você tem que perceber isso em tudo. Quando você recostar a sua cabeça no travesseiro à noite, para agradecer a Deus que você tem um travesseiro aonde deitar, quando você acordar de manhã, agradecer a Deus por ter te dado mais um dia.

Irmãos, vocês têm que se convencer disto: de que quando você não reconhece a Ele pelo que Ele faz, isso desonra a Ele. Quando você, por cada uma de suas necessidades, não vai até Ele primeiro e antes de tudo, você desonra a Ele. Irmãos, o homem é tão arrogante, é tão orgulhoso e é tão independente… e vocês precisam ver isso em vocês mesmos. Se vocês querem batalhar com isso, vocês precisam ver isso, irmãos, pelo que isso é de verdade. Vocês precisam ver isso, que a independência de vocês… Deus não fez o homem para ele correr por aí e se orgulhar de seus próprios dons, ou se orgulhar de alguma coisa que ele tenha. O apóstolo fala, “E que tens tu que não tenhas recebido?” (1Cor 4:7) Você não tem nada, NADA… sem Ele você não tem valor, sem Ele você é inútil.

Irmãos, vivam sob a luz disso. Isso é o primeiro, principal e fundamental princípio se você vai batalhar contra essas paixões da carne; e uma dessas paixões é a auto-exaltação. É um desejo em você de se colocar à frente, se mostrar, se posicionar de tal maneira a parecer que você é alguma coisa e levar o crédito por isso. Irmãos, isso é inato em nós, como homens naturais. e Deus nos ajude, nós não somos mais homens naturais, mas vivemos no poder de outro, o poder do Todo-Poderoso, e, irmãos, vocês têm que batalhar nisso aí, vocês têm que batalhar com isso. Irmãos, deixe que essa verdade ressoe nas suas cabeças. Não é somente quando você não honra a Ele que Ele retira esse rio de graça; as Escrituras dizem que é muito claro que Ele se opõe ao orgulhoso. Irmãos, eu lembro a vocês de 1Pedro 5:5, em que ele está lidando com pessoas da igreja. Pedro está falando sobre cristãos quando ele diz “Deus se opõe aos orgulhosos”. Posso falar a vocês uma coisa? Existem exemplos na Bíblia… Deus não somente se opõe ao perdido orgulhoso, Ele se opõe ao salvo orgulhoso. Você vai me perguntar: “Isso pode acontecer?”, “Pode haver um salvo orgulhoso?” Irmãos, isso foi o que Ezequias fez, foi o que Asa fez. Quando Tiago e João estão querendo se assentar à direita e à esquerda de Cristo, é exatamente isso que eles estão fazendo! Quando eles estão discutindo sobre quem será o maior, é isso que está acontecendo. Foi o mesmo Pedro que era um dos que estavam discutindo ali, que iria falar depois: “Deus se opõe ao orgulhoso.” Escutem, Pedro foi bem arrogante: “mesmo que todos os outros Te neguem, EU NÃO FAREI ISSO.” [Mt 26:33] Deus permitiu que ele caísse com a cara no chão. Ele deixou o diabo mexer com Pedro, de tal maneira que o diabo teve que pedir permissão especial.

Irmãos, quando Deus se coloca.. contra você, se opondo a você, tome cuidado, por que você será combatido. Portanto, tome cuidado. Nós temos de nos convencer dessas coisas.

Irmãos… vocês têm que se convencer disso. Você precisa se convencer de que existe muito pouca consideração na igreja, existe muito pouca consideração na pregação, existe pouca consideração em você mesmo, em mim, por essa coisa: o chamado à humildade. Receio que, realmente, isso tem sido muito pouco considerado na igreja, e eu acho que isso é por que a verdadeira natureza da humildade, a sua importância, tem sido muito pouco aprecisada. E eu digo isso a vocês:

Humildade não vem sem esforço. Ela vem com luta, ela vem com lágrimas.

Irmãos, isso é como todo o resto no mundo espiritual. A humildade pelo desejo, pela avidez, ela vem por estarmos convencidos de que precisamos dela; ela vem através de fazer dela uma das coisas principais pelas quais você está orando, socando repetidamente o “saco-de-areia” da oração: “Pai, me dê isso, me dê isso! Você me fala que Você vai me conformar à imagem de Cristo, me dê humildade. Eu vejo isso como algo bom.” “Revesti-vos de humildade!”, o apóstolo fala [Cl 3:12], em outro lugar, ele nos urge, nos encoraja, nos exorta a andar de uma maneira digna de nosso chamado, com toda humildade e mansidão. [Ef 4:1-2] Com toda humildade, irmãos!

Temos que ser desesperados por isso, temos que perseguir isso, temos que ser ávidos por isso! Você deve orar por isso como se sua vida dependesse disso, pois ela realmente depende. Depende, irmãos, depende, e nós precisamos nos convencer disso. E eu não estou seguro, irmãos, de que nós estamos totalmente convencidos do tanto que precisamos de humildade. Isso precisa ser o alvo de nossa atenção especial, nosso desejo especial, nossa oração especial, um alvo de nossa fé. E o que eu quero dizer com isso? Por meio da fé, irmãos, vocês precisam se agarrar nisso, “Senhor… Você prometeu que Você vai me conformar à imagem de Teu Filho e uma das características mais marcantes é que Ele é manso e humilde de espírito,” Ele não se agradou a Si mesmo, Ele não veio para ser servido, mas para servir, Ele nos disse para segui-lO. SENHOR, por favor, nos dê isso. Você nos disse que se nós clamássemos a Você, Você não reteria nenhuma coisa boa de nós. Você nos disse, que se nós que somos maus sabemos dar coisas boas aos nossos filhos,… quão mais Você nos daria todas as coisas boas que pedimos” [Mateus 7:11] “SENHOR, por favor, nós estamos pedindo isso, pois cremos que a humildade é boa, nós cremos, SENHOR.” Isso precisa ser um alvo de prática especial, nós precisamos planejar fazer a busca da humildade.

Jesus disse, “Aprendam de Mim!” [Mateus 11:29] Irmãos, muitos de vocês, jovens, estavam na escola recentemente ou estão agora na escola. Pense na sua matéria mais difícil. Você passou por ela de maneira fácil? Você teve que aprender, você teve que estudar! Irmãos, posso dizer isso a vocês, como eu estava falando a umas pessoas em Laredo, no domingo: Eu passei por quatro matérias de Cálculo. Irmãos, você não aprende quatro matérias de Cálculo sem se esforçar; e eu garanto isso a vocês – vocês não vão aprender a humildade de Cristo, a mansidão de Cristo, a modéstia de Cristo passando (casualmente) ou com um esforço “mais ou menos” de leitura da Bíblia uma vez por semana ou duas vezes por semana. Irmãos, você aprende Cálculo com esforço, com empenho, com noites sem dormir, com estudo, e você vai aprender Cristo de maneira mais difícil que eu aprendi Cálculo. Eu garanto a vocês, irmãos: vai depender de muita seriedade e diligência para aprender essa humildade.

Tim Conway