quarta-feira, 21 de março de 2012

Eu sou a Luz do mundo [João 8.12] | Heber C. de Campos

Jo 8:12 De novo, lhes falava Jesus, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará nas trevas; pelo contrário, terá a luz da vida.

Nessa nova afirmação “Eu Sou” Jesus Cristo mais uma vez se iguala essencialmente a seu Pai. A bíblia diz que “Deus é luz e que nele não há treva nenhuma” (1Jo 1.5). obviamente, João esta se referindo ao Deus Pai, porque logo em seguida ele diz; “se porém andarmos na luz [em Deus], como Ele está na luz, manteremos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu filho, nos purifica de todo pecado” (1 Jo 1.7). o Deus do antigo testamento é o “Eu Sou” de várias formas.

1Jo 1:5 Ora, a mensagem que, da parte dele, temos ouvido e vos anunciamos é esta: que Deus é luz, e não há nele treva nenhuma.
1Jo 1:7 Se, porém, andarmos na luz, como ele está na luz, mantemos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado.
 
Voltando a análise do verso em pauta, podemos dizer que em relação a substancia pessoal, o Pai é distinto do Filho, porque são hipóstases (s.f. Teologia. Pessoa: há em Deus três hipóstases) diferentes, mais a essência de ambos é a mesma, de forma que os atributos de uma pessoa pertencem a outra em virtude de serem da mesma natureza. Ou seja: Se o Pai é Luz o Filho também o é.

A luz aqui deve ser entendida como verdade, como vida (Jo 1.4) e aquilo que esta em oposição às trevas que são sinônimos de ignorância e morte. Quando Cristo, que é a luz, entra nos homens ele dissipa as trevas, porque as trevas não prevalecem contra a luz (Jo 1.4)

Jo 1:4 A vida estava nele e a vida era a luz dos homens.
Jo 1:5 A luz resplandece nas trevas, e as trevas não prevaleceram contra ela.

Esta luz alumia:
Jo 1:5 A luz resplandece nas trevas, e as trevas não prevaleceram contra ela.
Jo 1:9 a saber, a verdadeira luz, que, vinda ao mundo, ilumina a todo homem.

Esta luz concede Vida:
Jo 8:12 De novo, lhes falava Jesus, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará nas trevas; pelo contrário, terá a luz da vida.

Esta luz é condizente com a verdade:
Jo 3:20 Pois todo aquele que pratica o mal aborrece a luz e não se chega para a luz, a fim de não serem argüidas as suas obras.
Jo 3:21 Quem pratica a verdade aproxima-se da luz, a fim de que as suas obras sejam manifestas, porque feitas em Deus.

Esta Luz Julga:
Jo 3:19 O julgamento é este: que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz; porque as suas obras eram más.
  

Aplicação: Com respeito à esta Luz, você é chamado para fazer várias coisas que são indispensáveis, e indispensáveis também a outras pessoas. Portanto, preste atenção aos aos avisos com respeito ao que você deve fazer.

1.     Creia na Luz: 

Jo 12:36 Enquanto tendes a luz, crede na luz, para que vos torneis filhos da luz. Jesus disse estas coisas e, retirando-se, ocultou-se deles.

Este é o primeiro passo para aquele que esta nas trevas e anda na s trevas. É verdade que você tem primeiro que enxergar a luz a fim de que possa crer na luz. Esta é a obra de Deus em sue coração. Você pode ter a luz ao seu redor e, todavia, andar em trevas, porque você é cego. Aliás, há muitos que tem a verdade pela frente e não vêem. Portanto, quando a luz lhe for apontada, e você tiver olhos para ver, creia na luz e verá a luz da vida.  É curioso que você precise enxergar a luz, para poder ter a luz.

Além disto, o verso em questão diz que, quando você crer na luz se torna filho da luz. Ser filho da luz significa ser luz que reflete a luz que nos deu vida. É neste sentido que Jesus disse em Mt. 5.14 “vós sois a luz do mundo”. Portanto, ele conclui: “assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem ao vosso Pai que esta nos céus” (Mt. 15.16)
Creia na luz afim de que faça brilhar a luz de Jesus que está em você, como filho da luz que você é.

2.     Siga a Luz

Jo 8:12 De novo, lhes falava Jesus, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará nas trevas; pelo contrário, terá a luz da vida.

Observe que esta expressão vem logo depois de Cristo dizer “Eu sou a Luz do mundo”. Esta luz não diz respeito aos conceitos ou as palavras de Jesus, mas a pessoa de Jesus. Ele fala a respeito das pessoas que o seguem. Estar em trevas significa andar em oposição a Jesus, seguindo o príncipe das trevas.
Portanto: seguir a luz é seguir uma pessoa; Jesus.

O texto diz que você tem de seguir a LUZ. Seguir a Cristo é obedecê-lo, andar nos seus passos. Seguir a luz significa não poder tratar nossos próprios caminhos, mas seguir o caminho que a luz aponta. Se seguirmos nossos próprios caminhos haveremos de andar em trevas porque não há em nós luz alguma, a menos que sejamos filhos da luz, atingidos pela luz, que é Jesus na qual cremos.

3.     Ande como filho da Luz

Ef 5:8 Pois, outrora, éreis trevas, porém, agora, sois luz no Senhor; andai como filhos da luz.

Paulo se dirige as pessoas que eram luz porque haviam conhecido a Jesus Cristo e crido nele, mas que antes eram trevas. Os seus caminhos antes eram trevas e por isto andavam apalpadelas

Isa 59:9 Por isso, está longe de nós o juízo, e a justiça não nos alcança; esperamos pela luz, e eis que há só trevas; pelo resplendor, mas andamos na escuridão.
Isa 59:10 Apalpamos as paredes como cegos, sim, como os que não têm olhos, andamos apalpando; tropeçamos ao meio-dia como nas trevas e entre os robustos somos como mortos.

Tropeçando pelo caminho.  Eram cegos sem conhecimento da luz. Agora, porém, a graça os havia alcançado, e eles enxergavam o caminho por onde andar.

Já vimos anteriormente que ser filhos da luz é ser luz, é fazer a nossa luz brilhar diante dos homens. Paulo exorta a todos os cristãos a se portarem de acordo com a luz que temos. “Sois luz no Senhor”  isto quer dizer que temos a luz de Cristo e devemos fazê-la brilhar , andando na Luz. Como podemos fazer isto? O próprio Paulo responde no verso seguinte,

Eph 5:9 ( porque o fruto da luz consiste em toda bondade, e justiça, e verdade ),
Eph 5:10 provando sempre o que é agradável ao Senhor.

Você anda na luz quando pratica aquilo que agrada a DEUS. Bondade, justiça, verdade, obediência, etc. Aceite o desafio de andar como filho da luz, a fim de que a igreja cristã contemporânea cause mais impacto na sociedade em que vive!

4.     Testifique da Luz

Jo 1:8 Ele (João) não era a luz, mas veio para que testificasse da luz,

Não há nenhuma ordem neste verso, mas podemos perfeitamente imitar João Batista. Ele reconheceu que não era padrão de vida para os homens, dizendo-se luz, mas testificou daquele que era verdadeira Luz que, vindo ao mundo, ilumina o homem.
Muitos de nossos conterrâneos andam em profundas trevas. João mostrou aos seus contemporâneos a quem eles deveriam seguir.

Muitos são chamados hoje para freqüentar igrejas, mas poucos os que estão verdadeiramente seguido a verdadeira luz que é Jesus. Você e eu precisamos testificar daquele que ´s a verdade e a vida e, portanto a luz.
Como Pedro levou André a Cristo:
Jo 1:40 Era André, o irmão de Simão Pedro, um dos dois que tinham ouvido o testemunho de João e seguido Jesus.
Jo 1:41 Ele achou primeiro o seu próprio irmão, Simão, a quem disse: Achamos o Messias ( que quer dizer Cristo ),
Mostrando-lhe Jesus, testifique de Jesus Cristo a verdadeira e única luz! Ele é a luz original. Você deve refletir luz através do seu exemplo (andando na luz) e de seu testemunho (falando da luz, apontando aos outros o caminho da luz).

5.     Não despreze a luz de Deus

Jo 3:19 O julgamento é este: que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz; porque as suas obras eram más.
Jo 3:20 Pois todo aquele que pratica o mal aborrece a luz e não se chega para a luz, a fim de não serem argüidas as suas obras.

Esta palavra se refere a você que ouve esta mensagem e não ama a Jesus Cristo ainda. Certamente se isto acontece é porque você esta em trevas, e amando mais as coisas que são próprias das trevas.
Isto significa que você esta debaixo da ira e do julgamento de DEUS, pois isto é estar em trevas, você fica embaixo da ira divina.
Se você ainda pratica obras que são das trevas, a sua reação vai ser desprezar a luz (isto é, você não se achega para a luz) porque você não quer que suas obras das trevas sejam evidenciadas.

Por causa de si mesmo, se estas verdades lhe fizeram algum sentido, creia na luz, não a despreze.

Se você continuar a desprezá-la então não só continuará em trevas, mas a ira Divina lhe manifestará de modo terrível.

Portanto creia na verdade de Deus, que é Cristo Jesus, é a verdadeira luz do mundo! 

Por: Rev. Heber Campos
Fonte: As duas Naturezas do Redentor