sábado, 4 de maio de 2013

A Cultura do avesso | Hernandes Dias Lopes

A mídia dá toda cobertura e a sociedade aplaude tudo aquilo que é esdrúxulo e patético. Nossos valores estão de ponta cabeça. Os princípios morais que deveriam reger nossas famílias governar nossa sociedade são pisados como lama nas ruas.

Cantores se apresentam com a cara cheia de sangue e aplaudimos aavesso novidade, e depois choramos a dor da violência descontrolada nas nossas escolas e nas ruas. Mulheres deixando o contato contato natural aparecem beijando outra mulher e achamos isso moderno e depois choramos a falência do casamento e a decadência da família.

Homens aparecem nas ruas gritando palavras de ordem reivindicando a criminazação da homofobia e depois choramos a bancarrota moral de nossa juventude.

Alcançamos o progresso tecnológico, mas perdemos os nossos referenciais. Temos mais bens de consumo, mas perdemos o bem maior, que a harmonia dentro das nossas casas. A sociedade moderna atingiu o pináculo do conhecimento e desceu às profundezas da insensatez.

Escalamos o pico Everest no avanço científico, mas descemos às camadas abissais no que tange à ética. Vivemos a cultura da decadência. Aplaude-se hoje a cultura do avesso. Cumpriu-se a profecia de Rui Barbosa:

Chegou o tempo em que as pessoas têm vergonha de ser honestas!

Hernandes Dias Lopes.